"... Uma vez, o doutor Albert Mohler fez uma declaração escandalosa, mas precisa: Os homens se sentem tentados a entregar-se à pornografia; as mulheres se sentem tentadas a produzir pornografia”. Se você é uma mulher, não precisa pousar para uma fotografia, nem estar no elenco de um filme pornográfico para produzir pornografia. Quando se veste e se comporta de uma maneira desenhada, a princípio, para despertar o desejo em um homem, você produz pornografia com a sua própria vida..."  Por Joshua Harris 

 Decotes e coxas a mostra não condizem com sua imagem cristã, principalmente dentro da igreja, nos cultos e eventos ... 

    Já orientava Paulo, há dois mil anos: “da mesma forma quero que as mulheres se vistam modestamente, com decência e discrição, não se adornando com tranças, nem ouro, nem pérolas, nem roupas caras”. (1 Timóteo 2.9) O problema da falta de bom senso na hora de se vestir não é do século atual. Mulheres, precisamos tomar cuidado com o que estamos usando, não somente nos cultos e reuniões da igreja, mas no dia a dia. Muito do que é usado na moda de hoje não foi feito para você. Ainda que você se apaixone pela saia de couro da última coleção, se ela tem somente 20 cm ela não foi feita para vestir o seu corpo. “Quanto mais pano melhor, para sair e se relacionar em sociedade. Quanto menos pano melhor, para a intimidade com o marido”, já disse e alertou várias vezes a pastora e ministra de louvor Ana Paula Valadão para as mulheres da Lagoinha. 

Infelizmente muitas mulheres não se atentam para isso, e outras não se importam. Mas independente de não se atentar ou não se importar, Deus se importa e traz este texto aos seus olhos para você mudar o seu guarda-roupa. Mas, mais que isso, mudar o seu pensamento sobre o que deve ou não vestir. “Porque o Senhor corrige o que ama, e açoita a qualquer que recebe por filho.” (Hebreus 12.6) Não vamos falar sobre o que é brega e o que é bonito, nem sobre quais cores combinam melhor com o seu tom de pele. Vamos falar sobre o que “corrompe” a sua imagem cristã e lhe torna alvo dos olhares dos homens, atraídos por um bom “pedaço de carne” exposto. E não pense que os homens cristãos são “robôs” nessa área, pois são tentados a olhar para suas pernas do mesmo jeito – a diferença é que vão fugir do pecado.

“Qual o problema de usar uma sainha curta? O que é bonito é para se mostrar”, o diabo ama sussurrar essa frase. O problema está tanto no porquê de usar as coxas de fora (inclusive na igreja), quanto no que isso repercute no outro. Como escrevo diretamente para as irmãs em Cristo, posso falar abertamente que muitas estão abrindo espaço para a sensualidade e escandalizando a igreja. Você conhece a Palavra, e tem o Espírito Santo para convencê-la do pecado e tocar seu coração sobre seu comportamento. Mas precisa perguntar a Ele se suas roupas estão o agradando. 
     Não é difícil deixar o Espírito Santo falar, e muitas vezes não precisa nem perguntar sobre um look que está na cara que não condiz com o comportamento cristão. Por exemplo, o decote em “V” do vestido mostra grande parte dos seus seios e a barra dele não cobre quase nada das suas coxas; o “tomara que caia” não tem o risco de cair, mas marca os seios igual à calça legging usada para malhar. E falando em malhação, as roupas de ginásticas são outro problema para a postura cristã. Não dá para usarmos a calça apertada com camiseta ou top curto. O corpo fica coberto, mas as curvas estão delineadas o que chama a atenção dos homens da mesma forma.
Por que usar as coxas e seios tão a mostra? Qual o objetivo? Sonde o seu coração e veja qual tem sido a sua motivação. Lembre-se, não é pela exposição do corpo que vamos chamar a atenção de um rapaz ou ter espaço em uma turma de amigos. Isso não funciona na igreja, pelo contrário, o afasta. Mas se o problema for o calor, existem outras maneiras de se refrescar em vez de usar menos roupa.
Fonte: http://www.lagoinha.com 

14 COMENTÁRIOS ❤

  1. Muito edificante!! Ao contrário do que muitos pensam, o modo como nos vestimos diz muito sobre a gente, por isso devemos sempre ter bom senso e decência na hora de escolher uma roupa. Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém!! Super verdade querida, as vestimentas são de extrema importância, por isso devemos ser seletivas na hora de escolhê-las.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Eu sou o tipo de pessoa que se sente mal com uma roupa muito curto, eu fico realmente desconfortável e eu só descanso quando eu troco de roupa, porque eu sei que aquilo não é para mim. Descobri seu blog e já estou amando ele, espero voltar aqui mais vezes.

    http://idealizandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando colocamos determinadas roupas o Espírito Santo realmente nos incomoda. Que bom Jennifer que você está amando, com certeza irei visitar o seu blog, bjinhos!!

      Excluir
  4. Eu detesto roupas curtas e decotadas, não gosto, penso que passa uma imagem vulgar do tipo, um jeito escandaloso de dizer: "Oi estou aqui", e penso que independente de ser cristão ou não, as pessoas não deveriam se expor dessa forma. Ouvi em uma pregação da missionaria Fernanda Soares da Comunidade Canção Nova, onde ela disse que uma pessoa disse (não lembro o nome da pessoa) que o problema de uma revista pornográfica, não é de mostrar o corpo, mas sim, mostrar muito pouco do que é a dignidade de uma mulher. Porque o que conta, não é o que está fora, mas sim, o que está dentro de nós, e isso é muito importante.
    http://bflordeinverno.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super concordo com você, se vestir de modo decente vai além de ser cristã ou não. Qual o prazer de uma mulher de ser admirada pelo seu físico ao invés da sua personalidade e caráter? Acredito que aquilo que fica escondido é mais valorizado. Bjs amore!

      Excluir
  5. Ótimo post Sarah, e concordo plenamente que não devemos usar Decotes e coxas a mostra, pois não condiz com a nossa imagem cristã, #Principalmente aonde quer que estejamos!
    Simplesmente Princesa 💛 Fan Page
    Abraços e sucesso sempre 💛

    ResponderExcluir
  6. Belo post....Mulheres do Senhor tem que se vestir para honra do Pai.
    Nunca gostei de roupa curtas amiga, mesmo quando são servia a Deus....Amei esse trecho:"Não é difícil deixar o Espírito Santo falar, e muitas vezes não precisa nem perguntar sobre um look que está na cara que não condiz com o comportamento cristão".
    Parabéns pelo post amiga...um abraço.

    http://embaixadoradedeus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Post para ser curtido +1000 vezes!!!
    Só a frase inicial é incrível! E no decorrer da leitura, sem dúvidas é um "sacode" a todas a mulheres.
    Post lindo demais!!!
    A-M-A-M-O-S!!!
    Beijos princesa!
    Blog Princesas do Rei
    Canal Princesas do Rei

    ResponderExcluir
  8. Oi, Sarah! Quanto tempo que não venho aqui, né?
    Pois bem, sobre o texto: não concordei com certas partes, como o caso de "quanto mais pano" e tal. Porque, existem mulheres que usam roupas nos pés e mangas de blusas já nos dedos, mas continua com o ar de sensualidade, porque isso é do interior. A sensualização vem de dentro, não exatamente do exterior. Por isso que Jesus fala tanto sobre nos analisarmos e tratarmos o nosso coração, limparmos ele. Não adianta sair cheia de "panos" e continuar a agir como uma mulher vulgar! Não estou também concordando em andar por aí com shorts parecendo calcinha ou blusas que parecem sutiãs, mas o meu ponto é: primeiro trata-se do coração, depois ver se a sua roupa tem influenciado em algo na sua vida. É legal a gente perguntar para o ES se tal roupa está legal para tal ocasião, e uma mulher que se veste decentemente, é óbvio que não vai usar roupas tão curtas, em variados estilos, uma mulher que se veste para si não vai sair na rua mostrando mais do que ela gostaria, certo? No fundo, estas mulheres que se mostram demais, estão querendo atenção para que a autoestima melhore, o que é somente uma máscara para o vazio no coração e a necessidade de receber olhares de luxúria e elogios sobre sua "beleza".
    Este é um assunto que tem que ser conversado de forma mais aberta, sem dizer o que se deve fazer ou não, o que se deve usar ou não. Uma mulher que usa um short nas coxas (uma bermuda, na verdade) pode muito bem ser mais de Cristo do que aquela que usa uma saia no pé, entende? Porque é questão de coração.
    Beeijos

    ResponderExcluir