Olá meus amoreeeees, tudo bem? Vocês não têm ideia do quanto estou pirando em um blog que encontrei na internet, sobre as mulheres puritanas (link no final do texto). Andei lendo alguns posts nele e amei, percebi o quanto a nossa geração feminina carece das virtudes das puritanas e o quanto temos que aprender com elas que exerceram com perfeição o papel para qual foram chamadas, mulheres sábias e que edificam o lar em todos os âmbitos. Com base nisso, resolvi fazer um série de posts falando sobre as virtudes delas e que nós "mulheres do século XXI" temos o dever de aprender, já que a bíblia continua sendo a mesma. Já ouvi várias garotas cristãs que não sabem e não gostam de cozinhar dizerem: "Ah, quando eu casar é meu esposo que vai cozinhar para mim Ou vou pagar alguém para fazer". É brincadeira uma coisa dessas, só pode! Até quando você vai ter dinheiro para pagar alguém para compensar sua preguiça? Ou, até quando vai querer inverter os papeis? Isso não é machismo, entenda bem, simplesmente sou a favor de que a mulher seja uma boa dona de casa (tenha prazer em aprender as coisas) e que seu marido também ajude nos afazeres domésticos, para que juntos possam tornar o lar mais harmonioso, e que nenhum dos dois venham passar fome, vivendo à base do miojo. rsrs 

    Como mulheres, somos todas designadas guardiãs do lar (Pv 31:10-31; 1Tm 5:14, Tt 2:5). Algum dia você pode ser chamada para amar um marido, educar filhos e construir um lar para eles. Ou, sendo solteira, você pode ser incumbida de uma casa a partir da qual ofereça, à sua igreja e à comunidade, serviços essenciais e hospitalidade. Apesar de poder exercer em toda a sua vida muitas outras tarefas ou ocupações que honrem a Deus, você também é chamada para ser uma dona de casa.
    Esse é o nosso propósito na vida, o que John Angell James chama de ‘A missão da mulher’- ‘afetar a sociedade por meio da influência da família’. Sabe ser feminina não é apenas o que somos também é o que fazemos. Nossa identidade feminina vem com uma tarefa singular: mudar o mundo, dedicando-nos à vida doméstica. Ora, isso não significa que a Bíblia confine as mulheres e garotas às suas casas. A mulher de provérbios 31 – a dona de casa ideal – envida esforços fora do lar, para o bem de sua família. E, é claro, as mulheres solteiras terão carreiras que vão exigir delas que trabalhem fora de casa. Mas as Escrituras, sem apologias, estabelece a alta prioridade do lar para toda e qualquer mulher. 
        Para encurtar uma longa história, há quarenta anos uma revolução conhecida como movimento feminista começou a ‘liberar’ a geração das nossas mães de serem condicionadas ao lar. E parte integrante da mensagem feminista era ‘um desdém por assuntos domésticos e um desprezo por donas de casa’. E talvez não haja maior medida de sucesso do feminismo do que o fato de que a nossa geração já não considera que dona de casa seja uma carreira viável. Como escreveu minha mãe: ‘A filosofia feminista tornou-se completamente integrada aos valores da sociedade dominante – tanto assim, que tem sido absorvida e aplicada pela maioria das mulheres, mesmo muitas das que não se consideram feministas’. A revolução feminista não é mais uma revolução, ela é, simplesmente, um modo de vida. Mesmo que não possamos reformar o mundo em instantes, podemos começar o trabalho, reformando a nós mesmas e as nossas famílias – é a missão da mulher. Não a deixe desviar o olhar de seu próprio pequeno círculo familiar para produzir reformas sociais e morais; antes, comece em casa.
      Você quer se juntar a nós? Preciso adverti-la de que o mundo não vai aplaudi-la. Ou pior, ele pode desprezá-la e criticá-la. Garanto que não haverá prêmios concedidos a donas de casa – não neste mundo pelo menos. E nós, provavelmente, não veremos os efeitos de imediato. Porém, nossa influência certamente vai durar mais do que as nossas vidas. Na verdade, você não tem de esperar até um dia ou momento futuro para começar sua missão. Você pode começar hoje.

Fonte: http://www.mulherespiedosas.com.br/

Beijinhos meus amores! 

3 COMENTÁRIOS ❤

  1. Post muito edificante! É verdade que hoje a filosofia feminista integra nossa sociedade de modo ávido, afinal pensar em um futuro como sendo uma "simples dona de casa" que "apenas" cuida do marido,filhos e da casa nos chega a parecer algo até mesmo vergonhoso. Vergonhoso mesmo é desobedecer a palavra de Deus.

    Esse texto nos remete exatamente a isso. Muito forte!
    Beijos fica com Deus!

    Blog Resgatada Pelo Rei

    ResponderExcluir
  2. Realmente muitas vezes nos deixamos nos levar pelo mundo moderno e terminamos nos esquecendo de algumas coisas ahaha Ótima reflexão!
    Convido você e todas as suas leitoras para conhecerem meu cantinho,
    e se gostarem seguirem, retribuo a todos ^_^
    Blog: Desvendando Segredos

    ResponderExcluir
  3. Menina do céu que postagem maravilhosa, estava conversando com minha amiga exatamente isso, e sobre a mulher de provérbios ela é minha inspiração. Que Deus abençoe sua vida!!!

    http://virtuosastododia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir